21 semanas

Meu amorzinho, está cada vez mais próximo o nosso encontro aqui fora.

Na semana passada, papai e eu te sentimos mexer, juntos, pela primeira vez. Foi uma emoção muito grande. Mamãe aqui andava meio confusa, sem saber se aquilo que sentia eram os seus movimentos. Mas nesse dia foi muito claro, papai colocou a mão e sentiu suas batidinhas na minha barriga. Ficamos tão felizes!

Coincidência ou não, foi bem na hora em que eu estava comendo um delicioso brigadeiro. A julgar pelos pulos que tens dado aqui dentro quando eu como brigadeiros ou alfajores, acho que tu vais ser dos bons doceiros, como a mamãe aqui!

Te sentir mexer deu toda uma nova dimensão a essa espera por ti. Imaginar que aqui dentro está crescendo uma pessoinha com desejos, anseios, vontades, personalidade próprias. Uma pessoinha cuja história já está começando a ser construída, mas que terá vida própria. Uma história da qual seremos, eu e teu pai, ao mesmo tempo diretores e coadjuvantes.

Ontem quando cheguei em casa à noite, papai tinha deixado um bilhetinho no meu lado da cama com um brigadeiro em cima, e os dizeres: “Feliz 21 semanas, te amo!” Tinha ainda duas florzinhas enfeitando. Foi tão bonito!

Não vejo a hora de te conhecermos pessoalmente. Mas ao mesmo tempo, está sendo delicioso te ter aqui dentro.

Com amor,

Mamãe.

Eu vi um beatle

Querido filho,

ontem eu e seu pai assistimos a um show do Paul McCartney. TU vais um dia nos ouvir contar sobre como foi emocionante ver um beatle ao vivo, um show inteirinho como se estivéssemos só nós e ele numa mesa de bar. Tu vais ouvir os The Beatles (como teu avô fala), e vais contar pros teus amiguinhos que teus pais já foram a um show de um deles. Espero que um dia tu tenhas a oportunidade de ir a concertos dos músicos que marcarem a tua vida. Assim como eu, que me senti de volta nos ônibus londrinos enquanto Paul cantava Hey Jude, Long and windind road, e Lady Madona.

Este dia, 25 de abril de 2012 vai ficar guardado pra sempre nas nossas memórias.

Eu vi um Beatle, e ninguém tira isso de mim.

Um beijo,

Mamãe.