Pelo respeito à mulher e suas escolhas.

Eu tenho muito medo de ser desrespeitada no momento mais importante da minha vida, que é o dia em que vou receber o meu filho. Medo de cair em mãos erradas e fazer escolhas contra a minha vontade. Por isso, apoio a marcha, e me arrependo muito de, na minha inércia, não ter saído de casa no último sábado para fazer parte da Marcha aqui na minha cidade.

(Video publicado inicialmente aqui)

Anúncios