Achados de outubro

Peaceful parenting: por quê bebês africanos não choram?  Uma boa reflexão sobre a forma ocidental de criação de bebês, onde o padrão é o bebê chorar. Para os africanos, o padrão o bebê é não chorar. E como fazem isso? Os bebês ficam 100% do tempo junto com a mãe.
Cuca de Gente Miúda: blog com dicas de leitura para crianças, desde 0 até 9 anos. Além de sugerir, a autora, que é veterinária por formação, faz um resumo do livro e insere imagens de algumas páginas. Legal para ter uma ideia de como são os livros por dentro.

Parto Ativo  (o livro). No final da década de 70, as mulheres começaram a questionar a forma como se dava a assistência ao parto. Questionavam o por quê de as mulheres terem que passar o trabalho de parto deitadas, e inclusive parir na famosa posição de decúbito dorsal. Passaram a defender, com base em evidências científicas, que a mulher deve estar ativa durante o trabalho de parto e escolher a melhor posição para parir. Estou lendo esse livro, e adorando.

Achados de outubro

Peaceful parenting: por quê bebês africanos não choram? Uma boa reflexão sobre a forma ocidental de criação de bebês, onde o padrão é o bebê chorar. Para os africanos, o padrão o bebê é não chorar. E como fazem isso? Os bebês ficam 100% do tempo junto com a mãe.
Cuca de Gente Miúda: blog com dicas de leitura para crianças, desde 0 até 9 anos. Além de sugerir, a autora, que é veterinária por formação, faz um resumo do livro e insere imagens de algumas páginas. Legal para ter uma ideia de como são os livros por dentro.

Parto Ativo (o livro). No final da década de 70, as mulheres começaram a questionar a forma como se dava a assistência ao parto. Questionavam o por quê de as mulheres terem que passar o trabalho de parto deitadas, e inclusive parir na famosa posição de decúbito dorsal. Passaram a defender, com base em evidências científicas, que a mulher deve estar ativa durante o trabalho de parto e escolher a melhor posição para parir. Estou lendo esse livro, e adorando.