Uma mãe CDF

Eu sou muito cdf. Sempre fui, admito e acho que tem lá suas vantagens. Na escola, por exemplo, foi o fato de ser cdf que me aproximou das minhas amigas que tenho até hoje, pois elas vieram sentar no meu lado no final do ano para pegar cola nas provas finais! Ahahah..

Brincadeiras a parte, estou praticando minha cdfisse na maternidade também.

Começou lá no hospital. No primeiro dia, ainda estava sem poder sentar por conta da anestesia, e vieram tentar fazer o Ben mamar. Lá no Hospital Universitário tem um centro de apoio à amamentação, então uma enfermeira veio me ajudar a dar de mamar deitada.

O Ben não pegava o seio de jeito nenhum, e chorava, bravo. A enfermeira veio me criticar, dizendo que eu deveria ter preparado o bico desde a gravidez, que por isso agora estava difícil o Ben pegar o peito. Para piorar, ele pegava errado.

Mas olha, bastou ter levado um pito da enfermeira, que eu fiquei determinada a fazer dar certo. TODAS as vezes que o Ben ia mamar, nas 48h que eu fiquei na enfermaria do Hospital, eu chamava uma enfermeira para conferir se eu estava fazendo certo. O Ben mamava de 3 em 3 horas, e de 3 em 3 horas eu chamava uma enfermeira para me ajudar. Vou fazer um post só com o que eu aprendi sobre amamentação, mas a pegada foi a minha primeira lição.

Quando o Ben tinha 9 dias, fomos a uma consulta no posto de saúde (saímos do HU com várias consultas agendadas). Estávamos animados para saber o quanto ele tinha crescido e engordado nesses primeiros dias. Ele estava mamando tanto! E aí veio o balde de água fria: apesar de ter crescido 3 centímetros (media 55cm com 9 dias!), Ben tinha emagrecido 90 gramas desde a saída da maternidade (somando a perda de peso inicial, estava com 3,550 kg, 500g a menos que ao nascer).

O certo era ter engordado 20 gramas por dia, ou seja, pelo menos 140 gramas. Mas não, ele tinha perdido. A médica então solicitou que fôssemos pesá-lo a cada 7 dias, e se a perda de peso continuasse, ele deveria entrar com complemento. Ignorei essa parte do complemento, pois sempre soube que não seria necessário. Mas a perda de peso ficou martelando na cabeça.

Bastou isso para que eu começasse a me dedicar mais às mamadas. Percebi que, por desespero, eu acabava trocando muito o seio ao dar de mamar, e isso impedia que ele chegasse ao leite gordo. Passei então a deixá-lo mais tempo em cada seio nas mamadas. Logo nos primeiros dias, ele já começou a fazer cocô com gruminhos, sinal de que estava alcançando o leite gordo. E assim continuou ao longo da semana. Até que ontem fomos ao posto para pesá-lo. E adivinhem: ganhou 500 gramas em 8 dias! É mole?

Comigo é assim, se eu não passar no teste, não deixo barato não, hehehe… coisas de uma mãe cdf!

Anúncios

8 pensamentos sobre “Uma mãe CDF

  1. De, é isso mesmo, o primeiro leite é praticamente água – mata a sede do bebê, e o próximo leite o “gordo” é o que alimenta! Ele não estava chorando de mais(fome)? Geralmente esse primeiro leite é digerido bem rápido e eles gritam de fome!
    Eu sempre fiz assim: dava de mamar de duas em duas horas e cada vez era num seio, não ficava trocando não! Assim ele esvaziava bem! e se o outro estivesse explodindo tirava com a bombinha! =)
    Meu bezerrinho sempre ganhou peso super bem!

    bjão

    ps: vc está dando em livre demanda? é o melhor jeito, se eu pudesse voltar no tempo…

  2. hahaha

    que máximo!!!!

    viva a mamae e viva ao leite gordo!! xD

    bom saber, afinal vou ter dois entao me preocupo mto em relação a isso viu…pq to achando q vai ser um seio pra cada, nao dá pra trocar (eu acho) o seio se nao o mano vai morrer de fome rsssssss

    aguardo os outros post sobre amamentação! hehehe

    beijooosss

  3. Parabens pelo bebe e pela sua coragem relatada nestes posts do nascimento…
    espero muito o post da amamentaçao..tenho muitas duvidas com relaçao a isso…já estou preparando meu seio desde os primeiros meses….
    bjos e felicidades!

  4. Eu dava um seio só de cada vez. Até hoje com 7 meses raramente minha filha mama os 2 seios.
    Recém nascida ela mamava de 5 a 10 minutos num seio e agora chega a ficar 20 minutos, aí na mamada seguinte eu dou o outro. Às vezes o seio que ela não mama ainda vaza, mas como ela foi ganhando peso assim, nem cogitei mudar a rotina.
    Amamentar é delicioso, mas não é tão fácil quanto parece. Requer mesmo muita disciplina e dedicação!
    Eu fiz de tudo para amamentar: de beber muita água e chazinho a remédios e deu super certo. Minha filha nunca nem provou complemento! Eu me sinto sortuda por ter conseguido e super orgulhosa de ter insistido tanto.

  5. Demorei pra voltar aqui, natal e essas festas de fim de ano sabe…Então vai meio atrasado mesmo, mas super parabéns pelo filhote!! Deus abençoe muito a vida da família de vocês!! MUita saúde pro pequeno e muitas paciência pros papais!!! Tudo de bom mesmo!! Seu menino é lindo!! beijao

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s