Tortura em forma de exame

Como o exame de intolerância à glicose deu alterado, o médico me pediu pra fazer a curva glicêmica para ver se estou ou não com diabetes gestacional. Acho que foi o pior momento que passei na gravidez até hoje.

Confesso que fui totalmente pega de surpresa por esse exame. No de intolerância à glicose, não precisei ficar de jejum, tomei a glicosse de um gole só, e logo depois levei o dia normalmente.

Então eu estava super tranquila, sabia que ia ficar algumas horas lá, então levei alguns livros, além do celular com internet. Como teria que ficar em jejum de 8 horas, levei uns biscoitos integrais para comer depois. Mas, apesar de totalmente preparada para fazer o exame, eu não imaginava que seria algo tão horrível.

Primeiro, que estava em jejum desde as 22h, e o exame começou às 9h. Tiraram sangue em jejum, e me deram 300ml de uma deliciosa glicose sabor limão. ECA. Até agora me dá um embrulho de lembrar o sabor daquilo! Eu encarei 290ml, e quem disse que os últmos 10ml desciam? E eu tinha 5 minutos pra tomar. Então respirei fundo e fui até o fim.

Então, iriam tirar meu sangue novamente depois de 60, 120 e 180 minutos. Quatro horinhas de chá de cadeira, simples!

Na primeira hora, fiquei tranquila na internet. Um viva aos grupos de mães, parto normal e etc no Facebook! Tiraram meu sangue e então comecei a marejar. Se eu fosse do tipo de pessoa que vomita, teria vomitado muito nessa hora. Minha sorte é que só vomito em raros casos (de excesso alcoólico). Então, consegui dormir das 10h às 11h, ufa! Acordei melhor, tiraram novamente meu sangue. Mas ainda estava super grogue (lembrando que já davam 13 horas de jejum – isso é coisa que se faça com uma gestante??). Às 12h eu já estava melhor. Terminou a última coleta de sangue e fui-me embora.

Não tenho do que reclamar do laboratório, o atendimento é perfeito, todos os profissionais são muito gentis. Mas acho que eles deveriam ter um esquema para gestantes que vão fazer ese tipo de exame. No final me disseram: “tem um café na recepção”. O café: bolacha água e sal, e uma máquina de café. Isso é coisa que se apresente pra uma gestante que ficou 15 horas em jejum? Eu acho que devia ter umas frutas, algo do gênero. O que me salvou foram os cookies integrais que levei. Saí andando e fui ao shopping, pois precisava resolver algo lá. Mas o tempo inteiro com a sensação de que eu ia ter um piripaque a qualquer momento!

Detalhe, que às 10h quando estava muito mal, mandei uma mensagem para o Queridíssimo falando que estava muito mal, que aquilo era uma tortura. Só que ele só recebeu a mensagem quase 13h! Na hora que recebeu, fechou imediatamente a loja e correu para me buscar! Eu já estava no ônibus quando ele me ligou, todo preocupado, imaginando que eu estava apagada no laboratório! E ficou indignado, achando um absurdo eu ter sido submetida a esse sofrimento!

No fim, cheguei em casa e tentei dormir, mas a sensação ainda era muito esquisita. Queridíssimo levou umas quentinhas com almoço e, mesmo enjoada, comi tudo com muita vontade. E virei outra pessoa naquele exato momento! Mas ainda passei o dia inteiro meio esquisita. Credo! Não quero fazer esse exame nunca mais!

Uma dica para quem tiver que passar por essa tortura: se não tiver um celular com internet, leve um livro, umas revistas, e prepare-se para 4 horas no laboratório. Tente comer o mais próximo possível do horário do exame (o jejum tem que ser de 8 horas), evitando assim tanto tempo de jejum. Nada do que eu vá sugerir vai fazer esse exame ficar mais agradável. Mas uma coisa é certa: combine com alguém para te buscar depois do exame. Grávida nenhuma merece sair andando e ainda pegar ônibus depois disso tudo!

 

Anúncios

8 pensamentos sobre “Tortura em forma de exame

  1. menina que horror! eu tb fiz esse exame e gostei da glicose hehehe jurava que ia passar mal mas não.
    então que eu fui até o laboratório pertinho de casa, tomei o lance e voltei pra casa dormir, daí 2 horas voltei lá tiraram meu sangue e deu! não tive que tirar mais vezes!!!
    achei incrível esse dia pq senti o bebê soluçar :))
    beijoos

  2. Nossa, é terrível mesmo… E eu tive que repetir o exame porque vomitei depois de 2h… Eles então suspendiam o exame e pediam para eu voltar outro dia. Aí deu alterado e lá fui eu encarar de novo agulhas e goró mellado… Então eu fiz 3x esse exame na primeira gravidez. E na 2a gravidez, já avisei a médica que não faria ou faria no máximo a curva de 2h, pq só de lembrar daquele melado e do meu mal estar, eu já ficava enjoada, rsrsrs.

  3. Nossa, eu fiz esse exame e achei super relax! Tomei o líquido gelado, pois me disseram que é menos pior. Eu achei meio parecido com aquelas bebidas tipo h 2 o e depois fiquei quietinha vendo tv e esperando a coleta de sangue. Dormi várias vezes! hehe

      • Ah sem dúvida faz diferença! No laboratório mesmo me falaram que as pessoas preferiam… E como estava calor, foi a melhor coisa! Fica a dica para todas que tiverem que fazer o exame! : )

  4. Me identifiquei tanto com esse post (com seu blog e com sua história) que te mandei um email gigante! É um prazer te achar na blogosfera (ah, fiz a curva glicêmica hoje, ahahahahha)

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s