Querido bebê…

Hoje faz um mês que descobrimos que tu estás aqui dentro, no quentinho do meu corpo. Desde o primeiro dia existe um bichinho chamado felicidade que cresce na mesma proporção com que as tuas células se multiplicam.

Ainda tenho muito medo de que algo dê errado contigo. As pessoas dizem que com 12 semanas tudo fica mais tranquilo (faltam duas, estamos quase lá!). Mas olha, cá entre nós, tenho a impressão de que esse medo não vai passar é nunca!

Papai e eu levamos muito tempo para começar a digerir tudo isso. E timidamente fomos acreditando e passando a contar para outras pessoas. E é disso que eu quero falar contigo hoje.

Quero que tu saibas que a tua chegada tem sido motivo de alegria em todos os lugares por onde a notícia passou. Teus avós, teus tios, teus primos, os meus tios, os meus primos, estamos todos radiantes de saber que estás a caminho. E não para por aí. Minhas amigas, meus amigos, os amigos do papai, está todo mundo junto nessa, com sorrisos estampados no rosto e vivendo cada dia como se tu fosses um bebê deles também. Não é lindo isso, meu filho?

Desde quando começamos a divulgar a notícia, já ganhamos três presentes. Não importa o que sejam esses presentes que ganhamos. O que importa é que cada um desses mimos é como se fosse a vovó, a titia e o titio dizendo o quão felizes eles estão com a tua chegada, e cada um do seu jeito quer participar dessa história conosco.

Tu já és muito amado.

Com amor,

Mamãe.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Querido bebê…

  1. Lindas palavras, essa alegria contagiante é o que mais quero sentir. Acho que o medo realmente não nos abandona nunca depois que nos descobrimos mães ou pais, a partir daquelas duas listrinhas tudo muda. Mas acho que, aos poucos, esse medo vai mudando de figura, de forma, conforme a fase pela qual estamos passando. Mas creio que seja absolutamente normal! É o nosso desejo de que tudo saia bem, afinal, é algo que vai mudar nossa vida para sempre!

    Toda vez que me pego pensando na decisão de largar o AC ou não, o que me trava são essas expressões de impacto, tão definitivas, tão profundas, como PARA SEMPRE, mudança TOTAL, minha vida e eu NUNCA MAIS serão as mesmas.. aff, me dá MUITO medo!!! Então, acho que convivemos com o medo sempre! Atualmente, estou no medo de decidir ter um filho, quando virar tentante, terei medo de não conseguir engravidar, quando descobrir o positivo, terei medo da perda, de possíveis problemas com o bebê, enfim, faz parte da vida! E acho que tudo isso nos faz crescer.

    Desculpe o longuíssimo coment! Um excelente final de semana, e, rumo às doze semanas!! Beijocas

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s