RDC: “Eu subi na moto com a parteira”

A organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) alerta para o fato de que muitas mulheres continuam morrendo durante o parto, algo que poderia ser evitado. Segundo a organização, a oferta de cuidados obstétricos emergenciais para grávidas em contextos de crises humanitárias pode salvar a vida de muitas mulheres — e de seus bebês.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s