Licença maternidade ao pai

Algumas semanas atrás, os jornais e tvs anunciaram a decisão judicial que concedeu licença materniade a um pai, que se tornou viúvo após o nascimento do bebê. Uma decisão justa, uma vez que cabe ao cuidador dessa criança estar com ela até que complete seis meses, da mesma forma que sua mãe estaria.

Pois hoje fiquei sabendo de uma história triste com final feliz que aconteceu com um conhecido aqui na minha cidade:

A ex-namorada, com quem já havia terminado há mais de um ano, o procurou com um bebê nos braços e declarou: “Eu tentei abortar três vezes e não consegui. Agora que o bebê nasceu, vou dar para adoção caso você não queira”. Foi uma surpresa e um choque, mas a família inteira dele se uniu para ficar com a criança.

A mãe, pasmem, virou as costas a foi embora.

Por conta das tentativas de aborto, o bebê nasceu com alguns problemas respiratórios e requer cuidados o tempo todo. Além disso, é recém-nascido, o que por si só já exige muita dedicação.

Fiquei muito feliz quando soube que este rapaz, que de uma hora pra otura virou pai, acabou de obter licença maternidade, e vai ficar quatro meses cuidando do filho!

Que bonito isso, né?

(foto daqui)

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s