Gravidez tecnológica

**Obs: um post que estava quase pronto, e que resolvi não desperdiçar….

Daí que na minha empolgação de ir descobrindo coisas sobre o inicinho de gravidez, resolvi fuçar a app store e ver se já tinham inventado algo para acompanhar a gravidez. É mais por pura ansiedade do que por achar que esses apps vão responder muita coisa, por isso, só busquei aqueles gratuitos.

Mesmo assim, não instalei qualquer coisa no celular, não. Aliás, instalei vários, mas desinstalei muitos também. São todos muito semelhantes entre si, então escolhi aqueles que achei mais amigáveis. Em geral, têm um texto automático para indicar o status atual do bebê e os sintomas da gravidez, e uma série de ferramentinhas com dicas prontas pra cada situação.

Alguns que experimentei:

Pregnancy (The Smiles Factory)Na primeira tela, configuramos a data prevista para o parto e a partir daí ele gera um textinho falando sobre o status atual do bebê. Na próxima tela, tem dicas sobre alimentação, algumas listas prontas e a possibilidade de inserir fotos e fazer um diário. Esse diário pode incluir uma foto e ser imediatamente compartilhado no Twitter, Facebook e por e-mail. Tem também uma tela que mostra o tamanho do bebê semana a semana comparado a alguma fruta ou semente, com a foto. Às seis semanas, por exemplo, o bebê é do tamanho de uma semente de gergelim. É todo em inglês.
My Pregnancy – What to ExpectTambém todo em inglês, logo na primeira tela ele traz a data prevista do parto, a contagem regressiva, a idade gestacional, trimestre, o peso e o tamanho do bebê (também comparado a uma fruta). Com seis semanas, estávamos do tamanho de uma blueberry. Tem a opção de acompanhar as alterações no bebê e na mãe semanalmente, e diariamente traz algumas dicas. Permite criar um slideshow com a evolução da gravidez, em fotos. E dá acesso aos foruns do site  (mas para comentar tem que se registrar).
Mimo (Johnson’s Baby)Esse é em português e foi lançado no início de fevereiro. Ele é um aplicativo para Facebook que pode ser usado no iphone (e em telefones com Android). Como exige login no Facebook, acabei não experimentando . Mas achei muito interessante a descrição: “tem como público-alvo pais com filhos entre 0 e cinco anos. O Mimo apresenta três pontos de contato: “Livro do Bebê”, onde os pais colocam imagens e informações sobre os desenvolvimento dos seus pupilos, e podem acompanhar em linha cronológica o conteúdo gerado; “Perguntas e repostas”, um canal de troca de experiências e informações; e “Guia de serviços”, em que os pais podem cadastrar locais onde foram e colocar pontos para o atendimento de acordo com o que sentiram em relação à demanda das crianças, como prato específico, cadeirão, etc.”
Bebê Moreno (Luciara)Esse foi o app mais esquisito de todos. Basicamente, é um bebê que fica gritando e rindo o tempo todo (uma gargalhada que não é de bebê), e um balão sai dele com algumas listas de dicas, como nessa imagem ao lado. Tem a opçåo Bebe Moreno e Bebê Morena, e é em português.
Minha Gravidez hoje (BabyCenter)Assim como os outros, oferece um calendário da gravidez, com a diferença que traz também tarefas do dia a serem feitas (e ticadas). Mostra em uma só tela a timeline das semanas, com a opção de clicar para ler mais – direcionando para um conteúdo multimídia. Super fácil de navegar. Tem links diretos para seções do site Baby Center como “Grávida Pode?”, “Alimentação na gravidez”e “Nomes de bebês”. O único porém é, se tu já visitas sempre o site deles, não vai ter nenhuma informação nova.
Guia Crescer (Ed. Globo)Após configurar a data prevista do parto, logo na primeira tela já traz as informações sobre a semana atual da gestação. Tem a opção de criar notas para cada semana, e essas vão entrando abaixo do texto automático. Também permite inserir fotos para cada semana. Tem duas diferenças entre os demais apps que achei interessantes: a primeira é que traz uma lista com nomes, e permite fazer uma lista com favoritos separando entre meninas e meninos (só que não deixa adicionar nomes de fora da lista); e a outra diferença é que permite fazer uma lista de enxoval e ir ticando à medida que os itens forem sendo comprados. Uma coisa que achei ruim foi que tens que escolher se o bebê é menino, ou menina. Não tem a opção “indefinido”.
Anúncios

2 pensamentos sobre “Gravidez tecnológica

  1. hahaha já vi vários desses apps só por curiosidade, mas desinstalei tudo já. Tem alguns bem legais, mas o único que eu fiquei foi o que controla a ovulação.
    bjo

    • Carla, eu entrei em um nivel de abstração tamanho que tento desencanar até do dia da ovulação. Veja bem, eu só TENTO, porque sei muito bem que 16+14= 30 de março ahahahah!

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s